Asylum of the Daleks

AVI (350 MB)

MKV Sem Legenda:

480p (319 MB)

720p (1008 MB)

Legendas:

Inglês   —   PTBR

MKV Legendado

Publicações feitas por colaboradores que em algum momento fizeram parte da história deste site desde 2009, mas que não mais fazem parte do projeto.

Nos acompanhe e curta nosso conteúdo!

Este post tem 119 comentários

  1. Disponibilizem no 4shared Por favor

  2. Não estão disponiveis os links para avi…

  3. Quem souber legendar, por favor..

    1. O The Tozz, habitualmente responsável pelas traduções, já está cuidando disso. Amanhã de manhã, no máximo, legendas em PTBR e MKV Legendado estarão aqui!

  4. Ok, é que como vi escrito avi, pensei que tinha…
    Obrigada

  5. está dizendo que é MKV, mas o formato dos videos é MP4

  6. Sensacional! Obrigada mesmo pelos links. Estou baixando!

  7. Obrigado … estava c dificuldade de achar os links na internet 😉

  8. Nights você é meu herói! Já baixei a legenda e agora estou baixando o vídeo. Obrigada universo who por disponibilizar em HD! Tudo pronto para combater os daleks!

  9. Vocês são os melhores.
    Sério.

  10. to baixando 720p por torrent aki so que ta lento muita gente baixando junto e pouca enviando xD

  11. Galera, baixei a versão avi daqui do site e veio um episódio de uma série completamente diferente! 🙁

  12. O Guilherme tem razão, não baixem o AVI ainda…

  13. Baixei na maior animação o AVI e era Pretty Little Liars. Vou chorar de frustração.

  14. Baixei o mkv 720p pelo torrent mesmo, dada a ansiosidade para assistir. Ótimo episódio! Tem n coisas que eu gostaria de escrever, mas são spoiloentas demais para deixar aqui. Apenas comento que achei uma certa opção de enredo *perigosa* em termos de continuidade.

  15. Acabei de ver o episodio e tudo o que vou dizer por enquanto é MOFFAAAAAAAT!!!

  16. Ele andou a trollar todo o mundo estes meses todos o.O

  17. Erm, o avi é pretty little liars.

  18. Não vou soltar Spoilers mas a primeira cena depois dos créditos inicias é muito… MOFFAAAAAT!!!!!

  19. Para quem está baixando a versão mkv de 1GB (sem legendas), o torrent válido tem esse hash: ee94e01caa123121b68330b5a125a23e27b3833d é só verificar qntes dee baixar.

    Btw, Regra #1: O Moffat trolla
    (e nós adoramos)

  20. Putz, está legal, passei meses morrendo para esta nova season, caraca ainda agora passou na BBC e já estou vendo com legenda em tudo AVI rulez thanks bro!!!

  21. Acabei de assistir a Season Premiere, e ta bom demais.

    E com uma grande surpresa nesse episodio !!!

  22. Trollagem master.
    O link do avi está errado.
    Vocês disponibilizaram um link pra baixar pretty little liars.

  23. Tbm baixei o AVI demoro quase 1h e quando fui ver era PLL…. #FRUSTRADISSIMO

  24. O link do AVI ainda esta Pretty Little Liers

  25. Esse episódio foi muito “wtf I don’t even”. Raises a lot of questio-ons. Aliás, parabéns pela rapidez.

  26. No episódio em AVI eu baixei e veio um episódio de Pretty Little Liars… deem uma olhada nisso, por favor!

  27. Obrigado por disponibilizarem! Consegui baixar só por torrent. Demorou, mas baixou em qualidade ok!

    E que episódio, hein? Moffat entrou chutando as portas com Oswin! Nunca esperei que ela fosse aparecer logo no primeiro episódio e dessa forma!

  28. Essa decisão cria um problema de continuidade, afinal ela não reconheceu o Doutor. Mas que foi WTF, foi com certeza. MOFFAAATTT você É O CARA!

  29. Simplesmente: Uau, seguido por: O QUE? COMO? MAS… AN? COMO?
    Surpresas a todo o momento, sendo a primeira logo depois dos créditos. Eu iria pedir um post para comentários com spoiler, mas acho que já vai ter um.

  30. Pow… Pretty Little Liars eh sacanagem :/

  31. legal vo baixar

  32. Os links do arquivo .avi já foram corrigidos 😉

  33. *SPOILER ALERT*
    *SPOILER ALERT*

    Tem uma coisa complexa sobre a Oswin. Como ela falava com voz humana no radinho, se ela era uma Dalek completa (e, quando ao vivo, a voz dela soava como a de um Dalek comum)? E mesmo que fosse o caso de um efeito de voz, de onde um dalek teria Carmen do Bizet pra tocar? Se fosse simplesmente um sonho, o doutor não teria ouvido a ópera… não?

  34. Curti, mas esperava mais, nada espetacular como o começo da 6°, ou o ótimo da 5°, mas bom, deu pra matar a saudade e ficar ansioso pela temporada.

    Curti a olhada da Oswin para camera. (bem hot)

    As vezes tenho algumas criticas as historias do Moffat, o rumo que ele as leva, R.T.Davies expandia mais o universo, tudo era mais grande, mais “ingles” … desde que ele tomou a frente, não temos um “Aliens em londres”, “The Sontaran Stratagem”, The Sound of Drums” poderia citar varios, só tivemos a premiere da 5°, historias que acontecem aqui e não ficam presas só no Dr e Comp … Moffat é mais conto de fadas.
    Só pra ilustrar, Torchwood na época foi uma grande sacada.

    Pelos videos que ja sairam, não tenho esperanças que isso vá mudar, pelo menos até a volta ano que vem.

  35. Gostei muito do episodio e to gostando muito da direçao do Moffat, os episódios estao cada vez mais parecidos com os episodios da série clássica, esse episódio foi muito no estilo da série clássica e acredito que os outros serao tambem. E agora o Doutor desapareceu de vez, nem seus maiores inimigos sabem que ele existe, Doutor morreu pra todo mundo.

  36. Bom o episódio foi muito bom, só que teve uma coisa em específico que me irritou muito que foi quando **SPOILER ALERT** o Doctor estava preso com os daleks que sobreviveram a ele e ele desesperou, borrou nas calças pedindo por socorros, fiquei muito irritado com isso, pois acho que o doctor não é de se desesperar em uma situação dessa, dado tudo que ele já passou e que ele foi.
    Alguns acharam estranho a voz da mulher sair normal nos alto-falantes, bem pensem assim, ela estava conectada com todo o local, e estava controlando ele apenas com suas ondas cerebrais(que viraram da mesma frequencia que de um dalek) e com isso ela transmetiu para o alto-falante a sua memoria de como era o timbre e frequencia da sua voz de modo inconsciente, do mesmo maneira que ela conseguia abrir portas, ela conseguia fazer reprodução de sons de sua memoria, e quando o doctor encontrou com ela a voz que saiu era ela realmente falando.

    1. Assista os arcos 16, 21 e 30 (esse ainda não disponível aqui) da série clássica…O Doctor não ferra pouco com os Daleks…haha

  37. Só complementando o meu comentário acima, quem nunca conseguiu ouvir uma música apenas pelo seu cérebro, ou ainda conseguiu falar com a voz de outra pessoa na sua consciência?? Bem eu já =)

  38. Que programa devo usar para assistir o episódio? O programa que eu uso não está suportando o episódio 🙁

  39. gente quando vai sair o dinossaurs on spaceship?

  40. Gostei do episódio mas SPOILER!!! achei triste que a nova companion do Doutor já começa no “final” como a história da River Song. Pelo que entendi agora quando ela se juntar ao Doctor será por ele saber o que ela fez e o que acontecerá a ela em algum ponto do tempo (fica complicado dizer no passado ou futuro)

  41. a pergunta do Rory: “de que cor” foi a melhor!!
    Power Ranger Dalek ROX!

    #AsiloDosDaleks

  42. eu acredito que a Oswin pode aparecer no episódio 4, pois é único episódio a ter nenhuma cena revelada nos trailers divulgados, e o 1º e 4º episódio foram filmados em Abril, semanas depois do anuncio da nova companion. Lembre-se que no trailer divulgado em março as únicas cenas de “Asylum of the Daleks” eram as cenas na neve que tinham sido gravadas na Espanha, junto com o episódio 3.

  43. o/ Vou começar a baixar

  44. O MKV está legendado em português?

  45. Aonde que acha a versão 1080p?

  46. ai eu baixei o 720 mais quando vo assisti ta sem som q problema é esse?

  47. Como eu faço com a legenda do mkv?
    o meu veio sem legenda =[

  48. Baixeio o em MKV legendado e quando ta com 30min trava e pula pra 35min

  49. episodio muito bom,como a estoria foi se desenvolvendo e o final,é dificil entender porque não gostam do moffat.

  50. muito fod@ o primiero achei legal a oswin ter aparecido ja pois isso ja explica pq a clara vai ser a proxima ela é um genio e sempre sera mesmo que ele pegue ela no passado ainda sera a mesma sem contar que ela ainda vai aprender mais coisas,perfeito mesmo ja adorei.amy e rory bom espero que no quinto episodio eles morram pois pelo misterio quem tao fazendo para esse episodio tem q ser algo nesse nivel pra ficar epico bom esperar pra ver

  51. Eu baixei o MKV legendado já, do nada corta de 31:32 pra 35:48 sem nenhuma explicação.

  52. Gostei de Jenna-Louise Coleman !!

  53. Alguns falam que ele escreve mal mesmo, outros que é muito complicado. Reclamam também da série ter ficado mais “explosiva” e ter perdido um pouco das lágrimas da fase RTD. Além disso, ele não trata Londres como se fosse uma Tóquio (toda ameaça do universo, inexplicavelmente, vai pra lá). Gostei do que o RTD fez com a série, mas tava cansando, na minha opinião. Muitas cenas em quase todo episódio de “a cavalaria chegou”, milagrosamente – o que foi alvo de uma crítica do Terry Pratchett – e, apesar de algumas coisas em Asylum terem sido atropeladas, eu acho RTD o mestre nisso. Costumam dizer que o Moffatt americanizou a série; o diálogo com os EUA vem de longa data em Doctor Who e foi o que impulsionou a realização do filme de 1996. RTD levou Torchwood totalmente para os EUA e, desde então, pouco se ouve falar da série (que deveria continuar, sendo ele ou não o cabeça da produção). Tô tentando acompanhar tanto a nova série quanto a clássica e os episódios do Moffatt realmente tem um elo mais forte com os antigos, mas acho uma falha ele chegar perto de ignorar o que aconteceu desde 2005 até a sua entrada no comando.

  54. Eu baixei o MKV legendado e acho tem que uma cena cortada entre 30:59 e 31:00. O Rory estava descendo a escada e o Doctor tinha acabado de fazer aquele dalek andar em marcha ré e se auto destruir, então corta e na outra cena já estão os três juntos em outro lugar. Nem tinha aquela cena do trailer com a Amy desmaiada e os daleks mortos, acho que foi a parte cortada.

  55. Quote Leandro
    “As vezes tenho algumas criticas as historias do Moffat, o rumo que ele as leva, R.T.Davies expandia mais o universo, tudo era mais grande, mais “ingles” … desde que ele tomou a frente, não temos um “Aliens em londres”, “The Sontaran Stratagem”, The Sound of Drums” poderia citar varios, só tivemos a premiere da 5°, historias que acontecem aqui e não ficam presas só no Dr e Comp … Moffat é mais conto de fadas.
    Só pra ilustrar, Torchwood na época foi uma grande sacada.

    Pelos videos que ja sairam, não tenho esperanças que isso vá mudar, pelo menos até a volta ano que vem.”

    Sinto falta especialmente da delicadeza e da sutileza, do britanismo de RTD. Moffatt é mto bom pra super ganchos e tramas mirabolantes, mas ele tá cada vez mais americano. Sinto falta do Doctor britanico.
    Engraçado que os epis não se passam mais na Terra desde que seja na Inglaterra, pq nos EUA tem tido vários episodios. Péssima escolha, vai acabar ficando igual a Torchwood nos EUA.

  56. Eu não vou entrar na discussão de quem é melhor, pois tanto o Moffat quanto o Russell são gênios. Acredito que isso todos concordem.

    A questão é que apesar de ambos serem gênios, eles são diferentes. Possuem talentos diferentes, ideias diferentes e visões diferentes de Doctor Who. Enfim, são pessoas diferentes.

    A minha crítica, no entanto, vai para aqueles que dizem que o seriado está “menos britânico e mais americano”, como se este fosse um pecado dos piores. A realidade é que a série está ganhando visibilidade mundial, atingindo um sucesso que nunca antes foi conquistado… e, infelizmente, precisa se adequar a um publico maior.

    É o mal do sucesso.

    A série está menos britânica? Sim, está. Mas continua brilhante como sempre foi, sempre se renovando como o próprio Doctor. Muda, mas continua sendo o nosso Doctor Who.

    E, caramba, isso é sensacional.

    Enfim, amei o episódio demais. <3 O Doctor estava sensacional, e agora tenho certeza que sentirei muita falta dos Ponds.

    Surpresas muito bacanas no episódio também. Mal posso esperar pelo especial de Natal!

  57. Amigo, Adeniran
    Torchwood foi bem britânico em suas 3 primeiras temporadas, mais britânico que filhos da terra impossível, a 4° temporada foi mais atípica, a bbc sem interesse em continuar a série, e como foi produzida nos Eua, nada mais justo que eles dessem o seu toque, até pq eles só pensam neles.

  58. Pessoas inventam essas brigas e comparações entre showrunners. Isso não existe. RTD era criticado até a morte na época dele e os eps do Moffat era sempre os melhores. Daí a coisa se inverte e RTD vira uma lenda. Mas o que importa é que gente de internet não é a massa que consome DW. E é indiscutivelmente uma ótima série em todas as suas fases até o momento. Eu estou mais interessado em discutir os eps mesmo do que simplesmente arrumar brigas entre Britney e Rihanna.

  59. Parábenizar pela rapidez de disponibilizar o ep. e eu já estou a espera do podcast, quando sairá o podcast?

    E que ep. fantastico, deu pra matar a saudades da serie e já estou pro domingo que vem pra ver o .MKV legendado

  60. Ana,
    Eu tbm sinto falta dessa sutileza, Moffat para criar e amarrar uma trama é espetacular, faz melhor até que o R.T.Davis, não tem muito o que reclamar da 5° ou 6° temporadas nesse sentido, essa ultima espetacular, o inicio e o desfecho para “morte” do Dr, a introdução da RIver … mesmo algumas coisas pouco exploradas e resolvidas de forma rápida, como a gravidez da Amy, ou quem era River Song, exemplo de episódios como demon’s run e Let’s kill hitler,que foram ótimos, pontos altos, porem onde as coisas aconteceram muito rápido, algumas questões mereciam mais atenção, como o RTD dava, como quando a Amy foi levada e etc … mesmo assim não tiraram o brilho.

    Porem, falta aquele toque britânico, ta tudo muito “dark” … um bom exemplo para comparação e ilustra bem o meu ponto de vista, são os especiais de natal, da era RTD são quase todos “contemporâneos”, bem britânicos, usando Londres como pano de fundo, sendo aquele toque que faz o diferencial, ja os da era Moffat são simplesmente contos de fadas. (não estou dizendo que sejam ruins, achei “o fantasma do natal passado” espetacular)

    Enfim … Não estou achando a série ruim, a 6° foi uma das minhas preferidas, só acho que deveria existir um meio termo, pegar um pouco das 5 primeiras temporadas e colocar no tempero.

    Todo mundo fica de boca aberta, quando Rose, Jack ou outro personagem é mencionado.

    Logo mais teremos os Anjos em NY, é importante que a série faça sucesso fora do reino unido, é legal ver sua série preferida n°1 no iTunes, porem não deveriam perder um pouco o foco nesse sentido, na verdade eu não sei se é proporcional tirar um pouco o reino unido do pano de fundo.
    Geronimo foi uma pista do que viria.

    Acho que escrevi muito, sorry guys.

  61. Christian,
    Que briga?
    A comparação sempre vai existir, é completamente natural que ela exista, são 7 anos acompanhado algo, e quando vem algo novo, é natural que vc tenha alguma coisa que lhe agrade mais ou menos, algo que vc sinta falta.

  62. Em tempo: ninguém aqui (ou pelo menos eu) esta discutindo quem é melhor, RTD ou MOffat, simplesmente expresso a minha opinião ao que sinto falta na série atual, coisas que tínhamos antes, não vejo o por que a comparação nesse sentido, não seja relevante.

    O problema é que alguns parecem não aceitar essas criticas, acham que dizer que falta algo agora é por que ta tudo uma merda, o que não é verdade.

    Simplesmente é notório que a série esteja perdendo um pouco da sua identidade, porem para alguns isso não é um problema, simples.

  63. eu acho que os especiais de Natal do Moffat é mais britânico e natalino do que do RTD, o do RTD era invasão alienígena durante o Natal, enquanto os especias de Natal do Moffat tem mais espirito natalino, e bem britânico ao recontar clássicos da Cultura Britânica, como um Conto de Natal de Charles Dickens, depois As Cronicas de Narnia de C.S. Lewis, e para esse ano se vai ser na Londres Vitoriana e parece que terá um pouco de Oliver Twist também de Charles Dickens. Bem olhando de fora do Reino Unido, esses especiais de Natais do Moffat pode não parecer tão britânico, mas são baseados em algo que pertence a cultura Britânica.

  64. Ainda acho que os episódios do Moffat são mais intrigantes e bem amarrados, menos infantis e com mais roupagem de cinema.
    Não que RTD não tenha sido genial, ele foi, mas teve sua época.
    Acho que agora é se preocupar menos se a série é cult ou não e ver mais se ela tem efeito, porque para mim tem. 🙂

  65. eu acho que não dá para comparar as era do RTD e Moffat, os dois são Ótimos, fizeram um bom trabalho, e seria melhor se os dois fossem produtores juntos, na Era RTD os melhores episódios eram do Moffat, e o RTD conduzia bem a série, na Era Moffat ele também vai muito bem na produção da série, e os episódios dele continua ótimos, mas falta episódios do RTD na série para dar aquele equilíbrio, não existe nenhum problemas entre os dois, se o RTD quiser escrever alguns episódios ele pode sem problemas, mas ele não quer, mas eu preferia que fossem os dois juntos, acho que seria melhor

  66. Matheus, o arquivo no Depositfiles e 4Shared foram apagados.

  67. Caramba, adorei, mas fquei com a pulga atrás da orelha como já se era de esperar, o Moffat não ia deixar as coisas simples pra nós a Oswin tinha que ser um bendito ??????..

    Droga to morrendo de vontade de Criar um Chat pra conversar com o povo Whovian com Spoiler Liberado… to precisando cuspir minhas teorias ou a falta delas…

    Quem topa????

  68. eu só acho que o RTD dava a solução pronta, pros espectadores só se deleitarem com o resultado, enquanto o Moffat♥ nos considera inteligentes o suficiente para formular teorias e pensar enquanto assistimos os episódios. Pensar enquanto assistimos televisão: well this is new :}

  69. Matheus, se estiverem precisando de mais pessoas pra traduzir legendas, eu creio que possa agendar. Assisti primeiro o episódio com legendas em inglês e entendi tudo perfeitamente! Só não consigo entender sem elas porque o Doctor fala muito raído!! hehehe

  70. Gente.. acho q salvar a Oswin é que será a missão do Doutor nessa temporada… achei que não teria um arco nessa 7° mas Moffat outra vez nos trolou. Não reclamo, gostei da garota. E criaremos maiores laços ela sendo apresentada dessa maneira!

  71. Gente, o arquivo em MKV está com uma parte cortada, aquela na qual o Dalek explode e assusta a Oswin. A partir daí para e só continua se já por na parte que o Doctor está indo pegar a Oswin. Por favor, dêem uma verificada nisso, porque MKV tem uma qualidade muito boa, e eu queria ele completo XD

  72. Vamos falar de coisa boa? Mas não da tekpix, do enredo! Mais alguém notou que o Doc ganhou uma benção e uma maldição? A benção foi o esquecimento dos Daleks. A maldição? O vírus que ele pode ter pego no Asylum. Amy disse que, por ele ser um Time Lord, provavelmente seria imune e eu também concordaria com ela. Mas quem leu os SPOILERS anteriores à estreia sabe que, nesse ano, o Doc estará mais sombrio (a menos que seja mais uma trollagem do Moffat). Olha só:

    “A Town Called Mercy – O Doctor encontra-se no fogo cruzado entre um ciborgue assassino e um alienígena fugitivo. Ele está em um dilema moral, mas parece não se importar. (http://universowho.apertaotab.com.br/radio-time-dicas-de-moffat-para-a-7a-temporada/)”

    “Fora isso, de acordo com o twitter do Confidential parece que o Doctor será mais sombrio do que nas outras temporadas, e o encontro com os Daleks vai trazer o lado dele que atuou na última Time War. (http://universowho.apertaotab.com.br/novidades-do-dia/#more-11621)”

    Será que o Doc foi afetado pelo tal vírus? Será que ele também vai perder amor e ganhar ódio? E será que, no episódio de Natal ele vai recorrer à impressionante capacidade da ex-Clara-mas-na-verdade-apenas-Oswin de hackear os Daleks e conseguir uma cura?

  73. Matheus valeu pelos links. Como sempre vocês se superam. Estou aguardando o podcast.

  74. Citaram que Amy abduzida nao foi bem explorado, concordo plenamente, até agora não sei em que situação ela foi trocada pela FLESH…

    Quanto a ex-Clara/agora-só-Oswin, achei muito legal ela dizer “lembrem-se de mim” e virar o rosto para a câmera. Ela e um pouco baixinha e mais larga, como dá pra ver nas cenas em que aparece de corpo inteiro, não dá realmente para esquecer daquele rostinho lindo.

    PS revendo o ep percebemos que as pistas de que ela era (o que era) estavam todas lá, do “deixem-nos entrar”, as telas, o fato da musica dela ser captada na colmeia Dalek (alguem lembrou dos Borgs nessa hora? eu lembrei) e dela apagar a memoria de todos, exceto a dela é claro. Muito bom, Moffat!

  75. Olá, gostaria de agradecer a toda a equipe do Universo Who por disponibilizarem todo esse vasto conteúdo de Doctor Who para nós, pobres fãs brasileiros. Sério, não sei o que eu faria sem vocês.

    Só queria saber se vocês vão disponibilizar legendados os prequels que estão saindo antes dos episódios, como aquele que saiu antes de Asylum of the Daleks, onde o Doctor encontra um monge sem cabeça e ele fica sabendo que ele tem que ir pra Skaro encontrar uma mulher.

    Ficaria muito feliz se vocês conseguissem, pois já procurei em todos os cantos e não achei…

    Ps: desculpa se você já respondeu isso em algum lugar dos comentários acima, mas sinceramente não quero ler os comentário pela quantidade de Spoiler da temporada que vou acabar levando…

  76. uau q demais nao vejo a hr de assistir

  77. O meu é 480, espero que arrumem se já não tiverem arrumado

  78. Alguém se lembra q no começo do episódio foi dito que algo aconteceria quando a pergunta mais antiga fosse respondida? Pode ser coisa da minha cabeça, mas acho que teremos mais daleks por vir!

  79. Gosto é gosto. E eu gosto muito do Russel T. Davies, agora eu nao vejo onde ele dá identidade a série, eu acho que muito pelo contrário, o Doctor Who nas maos do Moffat tá muito mais próximo que o Doctor Who clássico do que o Russel T. Davies. Em tudo, seja na personalidade do doutor como no estilo dos episódios. Além do mais, RTD ainda tem aqueles dramas desnecessários, como as companions terem interesse pelo doutor, como a Rose por exemplo, que todo mundo adora, mas eu sempre achei ela um saco por causa dessa história de se apaixonar pelo doutor.
    RTD foi bom, claro que foi, agora os episódios dele sempre se resumiam a mesma coisa, que era alguma invasao alienigena (em londres geralmente e pelos Daleks) onde o doutor sempre salvava o dia. Eu nao achava isso chato, agora ja tava cansando, uma hora ia cansar, o especial The End of Time ja nao foi muito bom na minha opiniao.

  80. To doido para ouvir o podcast desse episodio

  81. Não estão disponiveis os links para avi…

  82. Como de costume, a equipe da BBC começou com o pé direito mais uma temporada de Doctor Who, mas esse episódio foi simplesmente surpreendente. O final foi completamente inesperado, como já havia acontecido com Família de Sangue, onde os vilões reconheceram que o Doutor não havia se escondido por medo deles, mas por piedade. Juro que fiquei de queixo caído com a revelação sobre quem estava ajudando o Doutor e seus companheiros, mas lamentei que o final não tivesse sido outro. Imaginem um Dalek aliado do Doutor, viajando na Tardis, que dupla infalível não seria! Só que aconteceu a mesma coisa que já havia acontecido em Planeta da Morte, em que o Doutor encontrou em Cristina a companheira ideal, mas os princípios do último dos Senhores do Tempo não lhe permitiam viajar com uma ladra. Nesse caso, mais cedo ou mais tarde o Dalek revelaria seus instintos assassinos, e o Doutor teria que combatê-lo.

  83. O episodio foi sensacional! Gostei da entrada da Oswin, vai ser até melancólico acompanhar ela junto com ele durante a série.

    Eu também acredito que não vale a apena discutir que é melhor que quem, RTD ou Moffat, os dois foram brilhantes, tiveram episodios engraçados, assutadores, e triste, não tem como comparar!
    A unica coisa que eu sinto falta em DW, é do conceito de alienigenas “invisiveis”, aliens de baixo orçamento e ainda sim assutadores como os wepping angels ou os manequins do começo do arco moderno.

    A popularidade de Doctor Who é uma coisa muito boa, melhorou o orçamento da série, cativou mais fãs, mas cada vez mais eu sinto que os episodio estão ficando mais hollywoodianos e menos criativos.
    Eu amei Asylum of the Daleks por causa disso, foi criativo, eles conseguiram explorar um vilão antigo sem precisar colocar ele atirando pra todo lado, deram um sentido mais lúdico ao vilão mais mecânico da história!

  84. Gostaria de pedir-lhes que coloquem os próximos ep de avi 480p no 4 shared, que para download é muito melhor que rapidshare e os outros servidores. Mas valeu pelo ep galera do universowho, também gostaria de saber quando saem mais eps das séries antigas, principalmente do 4º doctor.

    1. Gustavo, pode baixar o mkv legendado e desativar a legenda, é bastante simples (só ir nas opções do video no seu player e desativar legendas…). Este possui links no 4shared. 🙂

  85. Vai ter review escrito ou “minuto a minuto” do ep ou so o podcast?

  86. Teoria nova sobre a Oswin, la do DoctorWhoTV: o Doutor não viu seu rosto em nenhum momento (quando pergunta sobre isso, ela responde “falha de força (energia), cabelo ruim, qualquer coisa assim”), pode ser que ele interaja no passado dela sem saber o que acontecerá com ela (Oswald Oswin podem ser dois sobrenomes de Clara Oswald Oswin). Eventualmente ele pode até descobrir quem ela é e tentar arrumar um jeito de consertar, como fez dando a chave sonica para a River no episodio da biblioteca. Que acham dessa?

  87. alguem ai reparou q a gravata dele ta azul… e no proximo epi ta vermelha de novo…

  88. Consegue arrumar em 1080p?

  89. Então… Fiz o download do episódio normalmente. Baixei o MKV legendado em 480p, pra ser mais específico. Entretanto, quando vou abrir o arquivo, ele simplesmente NÃO RODA. Ele abre, mas fica parado no 0:00. Como proceder?

Deixe uma resposta

Fechar Menu