Carole Ann Ford

Somente uma entrevista de Carole Ann Ford foi encontrada, feita em 1984, após sua aparição no especial de 20 anos da série, "The Five Doctors".   Aqui temos Carole Ann…

Arco 008 – The Reign of Terror

França, Revolução Francesa. É aqui que o Doctor e seus companheiros encerram a primeira temporada do seriado. Entre 8 de agosto e 12 de setembro de 1964, uma média de 6,4 milhões de britânicos sintonizaram suas TVs. Só por curiosidade, também foi o primeiro arco filmado em locação… Os episódios 4 e 5 ainda estão perdidos, então, aqui temos animações, encomendadas pela BBC com o propósito de reconstruir os episódios de forma mais fiel possível.
(mais…)

Arco 006 – The Aztecs

Mudança na história? Romance? The Aztecs inova justamente por isso e é provavelmente arco favorito de Jacqueline Hill (aqui fantástica) e William Russell. É também a primeira vez em que parte do arco é filmada no Television Centre da BBC, muito melhor que os estúdios de Lime Grove de onde a série começou. O arco foi transmitido entre 23 de maio e 13 de junho de 1964, contando com uma audiência média de 7,5 milhões.
(mais…)

Arco 005 – The Keys of Marinus

The Keys of Marinus é um arco de “primeiros”. Além de ser o primeiro dividido em 6 partes, formato bastante comum em toda a clássica, o arco traz a primeira aventura viajante dos tripulantes da TARDIS, com várias mini-aventuras que se ligam em uma trama maior. Interessante que durante a gravação desse arco, William Hartnell tirou sua primeira folga da série, não aparecendo em dois episódios. Se há três arcos os Daleks viraram febre no Reino Unido, os Voords de Marinus, criados e escritos pelo mesmo Terry Nation pensando em repetir isso, não cativaram público e nem espaço futuro na série. Exibido entre 11 de abril e 16 de maio de 1964, teve audiência média de 9 milhões.
(mais…)

Arco 004 – Marco Polo (Reconstrução)


Este arco traz uma trama bastante interessante, mas infelizmente não é possível assisti-la de forma “normal”. Marco Polo é o primeiro e um dos casos mais graves da série de episódios perdidos. Mas então por que o temos postado no site? Junte a vontade de fãs e o fato de que TODOS os arcos da clássica sobrevivem ao menos em áudio e voilà! Temos aqui reconstruções, que são basicamente a junção do som e de telesnaps, imagens paradas, dos episódios. Há nas eras Hartnell e Troughton muitos episódios em tal situação. Os arcos aqui disponíveis completamente em reconstruções possuem a legenda “(Reconstrução)” na postagem, ao passo que em arcos apenas parcialmente perdidos, são os episódios que estão assim marcados. Espero que mesmo assim aproveitem! Queria agradecer ao Kirk, que ajudou bastante na edição dos vídeos. O arco foi exibido entre 22 de fevereiro e 4 de abril de 1964, com audiência média de 9,5 milhões.
(mais…)

Arco 003 – The Edge of Destruction


Neste arco, a história se passa toda dentro da TARDIS, introduzindo a ideia de que a nave tem vida e pensamento próprio. Ele surgiu da necessidade de tapar buraco entre a produção de The Daleks e Marco Polo, arco anterior e seguinte, respectivamente. Sobrou o espaço de dois episódios na temporada, mas faltava dinheiro, então, por que não contar uma história toda dentro da TARDIS? Bem estilo Doctor Who de pegar algo “ruim” para extrair brilhantismo. The Edge of Destruction foi transmitido em 8 e 15 de fevereiro de 1964, com audiência média de 10,2 milhões.
(mais…)

Arco 002 – The Daleks

The Daleks nos leva ao primeiro encontro entre nosso Senhor do Tempo favorito e seus principais inimigos, as terríveis crias de Davros! É a partir deste arco que o sucesso de Doctor Who explode! Curioso que é um dos poucos casos de, ainda na era de recursos técnicos bastante precários, regravação integral de um episódio. A primeira versão filmada de The Dead Planet acabou contando com som de vozes nos bastidores, o que levou à sua refilmagem. O arco foi exibido entre 21 de dezembro de 1963 e 1 de fevereiro de 1964, contando com uma audiência média de 9 milhões.
(mais…)

Arco 001 – An Unearthly Child


Se você decidiu assistir a série clássica a partir do começo, meus parabéns! Diretamente de 1963, estamos diante do primeiro arco de episódios de Doctor Who da história! Arco? Sim. A série clássica não se organizava em episódios com histórias individuais. Em vez disso, há conjuntos de episódios de (quase sempre) 20 minutos que contam uma mesma história. Chamamos este conjunto de arco. Nas primeiras temporadas, cada episódio ainda mantinha um nome próprio, o que se perde com o tempo. An Unearthly Child representa o começo de um ícone cultural britânico, em meio a estúdios apertados, recursos escassos e muita vontade. Ele foi exibido de 23 de novembro a 14 de dezembro de 1963, com direito a uma reprise do primeiro episódio no dia 30/11/1963 graças a um blackout significativo. A audiência média deste arco é de 5,9 milhões.

(mais…)